Postado em 02 de Abril às 09h31

Giardíase Canica

Dicas e Cuidados (16)Cachorros (12)

O que é giárdia em cachorro?

É uma infecção intestinal causada pelo protozoário giárdia lamblia, é uma zoonose, ou seja, transmissível ao homem.

O cachorro adquire giárdia por contato com fezes contaminadas, ou ainda com a ingestão de água e alimentos contaminados (transmissão fecal-oral). O cisto é a forma infectante deste parasita e uma vez instalado no ambiente, podem sobreviver por longos períodos, especialmente em locais úmidos e frios, o cachorro ingerindo apenas 10 cistos já pode desenvolver a infecção, estes cistos eclodem no intestino do hospedeiro.

Os cachorros confinados estão mais expostos a grandes quantidades de cistos infectantes no material fecal, aumentando a chance de proliferação, os cistos resistem ao frio, à umidade e desinfetantes comuns.

Giárdia em cachorro Sintomas:

Diarreia fétida aguda ou crônica, às vezes apresentam sangue e uma espécie de geleia, vômito, dor abdominal, desidratação, perda de peso ou redução do ganho de peso, os filhotes geralmente apresentam os sintomas de forma mais visível e podem ir a óbito se não for diagnosticada e tratada, alguns cachorros podem estar infectados e não apresentarem os sintomas acima, mas estarem eliminando os cistos no ambiente, ela pode estar presente no cachorro sem dar nenhum sinal, porém em um momento em que o cachorro tiver a sua imunidade baixa, ela se apresentará com os sintomas descritos acima.

Muitas enfermidades intestinais são muito parecidas, as gastroenterites virais, as bacterianas e as causadas por outros parasitas, além das diarreias de origem alimentar, má-absorção, e gastroenterite provocada por medicamentos e alérgicas.

Giárdia em cachorro Diagnóstico:

Para se ter certeza, deve-se coletar 3 amostras de fezes em dias alternados, os cistos não se apresentam em todas as eliminações, por este motivo, a necessidade de 3 amostras.

Giárdia em cachorro Tratamento:

Existem várias drogas para o tratamento da giardíase, porém o metronidazol tem sido eleito como o mais eficaz porque além de sua atividade como antiprotozoário, possui também uma atividade como antibacteriano, atacando bactérias anaeróbias.

Mas de nada adianta tratar o animal se não tratar o ambiente, as fezes devem ser retiradas imediatamente, tudo deve ser lavado com água fervente.

Fonte: http://www.blogdocachorro.com.br

Veja também

Por que vacinar seu pet contra a gripe?02/04 Assim como em humanos, a gripe pode levar a complicações e comprometer a vida do animal. No caso dos cães, a traqueobronquite infecciosa canina, ou gripe canina, pode ser causada pelos agentes virais Adenovírus e Parainfluenza, pela bactéria Bordetella bronchiseptica ou ainda pela combinação de dois tipos de agentes. Além de provocar sintomas como tosse e......
Quantas vezes por dia devo alimentar meu gato02/04 A quantidade total diária de alimento a ser oferecida ao gato adulto deve ser fracionada no mínimo em 2 refeições. Já para o filhote é recomendável fracionar a alimentação em 3 ou 4......
Leishmaniose canina02/04 A Leishmaniose Visceral Canina é uma doença infecciosa grave provocada pelo parasita Leishmania chagasi, que é transmitido apenas através da picada de um mosquito infectado. A doença pode demorar até meses para se......

Voltar para Blog