Postado em 02 de Abril de 2020 às 09h31

Leishmaniose canina

Dicas e Cuidados (34)Cachorros (26)

A Leishmaniose Visceral Canina é uma doença infecciosa grave provocada pelo parasita Leishmania chagasi, que é transmitido apenas através da picada de um mosquito infectado. A doença pode demorar até meses para se manifestar e pode apresentar sintomas diversos, como diminuição do apetite, apatia, perda progressiva de peso, problemas oculares, diarréia com sangue, crescimento exagerado das unhas e problemas de pele (perda de pelos, descamação seca e feridas que não cicatrizam, principalmente na borda das orelhas, focinho e ao redor dos olhos).

Apesar de ter tratamento, muitas vezes o animal infectado precisa ser sacrificado, por ordem de órgãos governamentais como a Secretária da Saúde e o Centro de Zoonoses. Por isso, a prevenção é muito importante e pode ser realizada através de vacinas e da utilização de coleiras específicas que repelem o mosquito.

No mês de agosto, em Chapecó, foi confirmado um caso de Leishmaniose Visceral Canina, o que aumenta ainda mais a preocupação em torno da transmissão da doença e torna fundamental a prevenção.

Procure um veterinário e proteja seu pet!

Veja também

Meu gato tem quantos anos?16/12/20 Muito se fala sobre a idade dos cães em relação à “idade humana” e já falamos desse assunto antes. Mas e os gatos? Será que eles envelhecem da mesma forma? Converter os anos de um gato em “anos humanos” não é tão simples quanto usar um fator de 7 (como algumas pessoas pensam erroneamente com cães e, às vezes, com......
Por que vacinar seu pet contra a gripe?02/04/20 Assim como em humanos, a gripe pode levar a complicações e comprometer a vida do animal. No caso dos cães, a traqueobronquite infecciosa canina, ou gripe canina, pode ser causada pelos agentes virais Adenovírus e......
Quantas vezes por dia devo alimentar meu gato02/04/20 A quantidade total diária de alimento a ser oferecida ao gato adulto deve ser fracionada no mínimo em 2 refeições. Já para o filhote é recomendável fracionar a alimentação em 3 ou 4......

Voltar para Blog