Postado em 02 de Abril de 2020 às 09h31

Como começar a escovar os dentes do seu pet!

Cachorros (26)Gatos (20)Dicas e Cuidados (34)

O mau hálito pode sinalizar complicações na saúde bucal, estomacal e renal. Por isso, a halitose deve ser investigada com atenção para evitar conseqüências graves. Com orientação profissional, é preciso manter hábitos diários de higienização dos dentes e da gengiva – hoje, temos disponíveis no mercado produtos que dispensam escovação e que promovem manutenção da saúde bucal. A profilaxia dentária, remoção do tártaro e tratamento bucal especializado, também é importante para eliminar o mau hálito e precisa ser realizada periodicamente.

Você sabia que a escovação dentária diária é fundamental para a saúde de cães e gatos? Ao escovarmos os dentes diariamente, retiramos a placa bacteriana que é formada nos dentes e gengivas e que, mais tarde, formará o tártaro, mau hálito, podendo levar à doença periodontal e até doenças sistêmicas.

Mas assim como você, seu pet não nasceu sabendo escovar os dentes! Portanto, é necessário muita paciência e dedicação nesse primeiro momento. O condicionamento deve ser feito de forma agradável, como uma brincadeira, oferecendo petiscos como forma de recompensa, para que a escovação não se torne um momento de estresse para você e para o animal.

A seguir, mostramos um passo a passo para te ajudar nessa saga que é acostumar o seu filhote com a rotina da higiene bucal:

1. Dedo na boca:
Passe um alimento saboroso no seu dedo e encoste-o na gengiva dele, fazendo movimentos circulares, de forma agradável para o animal. Repita o breve procedimento uma vez ao dia, ampliando aos poucos a área de ação.

2. Creme dental:
Quando o animal aceitar bem a massagem nas gengivas, aplique um creme dental próprio para animais em uma gaze ou no seu próprio dedo, fazendo os mesmos movimentos da etapa anterior.

3. Dedeira ou escova dental:
A próxima etapa é trocar a gaze por uma dedeira ou escova dental de uso veterinário. Certifique-se de que o pet já está totalmente acostumado com o toque em sua boca. O ideal é que a escovação seja realizada diariamente. O aprendizado é mais fácil quando o animal ainda é filhote, mas isso não quer dizer que um pet adulto não possa ser ensinado também. Por isso, paciência é a palavra-chave!

4. Profilaxia periódica:
Mesmo com escovação diária, pode haver acúmulo de tártaro em locais de difícil acesso da escova ou dedeira e, por isso, uma visita à um veterinário especializado, para que o mesmo realize a profilaxia periódica, é fundamental.

Fonte: http://www.mundoanimal.vet.br/site/dicas_pet

Veja também

Gatos e sua bola de pelo: saiba como e por que ela se forma08/12/20  Como sabemos, os gatos são animais extremamente limpos. Acontece que, diferente dos cachorros, eles mesmos costumam cuidar da sua higiene ao se lamberem. Para isso, eles contam com uma língua áspera, capaz de remover a poeira e os pelos soltos. O problema é que, depois de removidos com a língua, esses pelos acabam sendo ingeridos pelos gatos, formando no estômago o......
Qual a diferença entre Shih-tzu e Lhasa Apso?29/12/20 Pergunte a qualquer tutor de ambas as raças qual é a diferença entre Shih-tzu e Lhasa Apso. Provavelmente ele não vai ter certeza, já que esses pets têm a aparência compacta, atarracada, e pelagem......
FeLV: sintomas, transmissão e tratamento.24/02 A Feline leukemia vírus - FELV é o nome da chamada leucemia felina. Trata-se de uma infecção advinda de um vírus, que é contagiosa. O diagnóstico precoce é a melhor forma de evitar......

Voltar para Blog

Fale conosco!