Postado em 02 de Abril às 09h31

Latido em excesso: como ajudar o cão

Dicas e Cuidados (16)Cachorros (12)

O seu cachorro anda latindo demais? Você sabia que isso pode acontecer por vários motivos? Isso mesmo! O latido do pet é o principal meio de ele expressar o que quer ou o que sente, por isso é preciso ficar sempre atento, pois o excesso pode ser prejudicial.

Treinamento

Muitos cães latem só para chamar a atenção de todos, por isso, a melhor forma de lidar com esse tipo de comportamento é sempre recompensar o cachorro por esperar, antes que ele comece a latir. Sempre que ele respeitar, elogie e ofereça um petisco. Se ele latir, ignore e vire para o outro lado.

Para os cachorros que latem demais quando estão sozinhos, é preciso praticar alguns treinos para aumentar a independência dele. Comece espalhando alguns brinquedos pela casa e o incentive a brincar sozinho - ossos e brinquedos interativos, que soltam comida, são boas opções!

Não deixe que o cão siga as pessoas o tempo todo. Recompense-o quando ele se mantiver calmo ao ficar só.

Lidando com o problema

O latido em excesso é consequência de algum tipo de ansiedade do cachorro, por isso não se pode simplesmente eliminar o comportamento sem trabalhar o que desencadeia o estresse.

Por exemplo, se o cachorro late toda vez que está agitado e passamos a punir apenas os latidos, sem identificar e tratar a causa da agitação, ele pode passar a lamber as patinhas até se machucar, ou começar a destruir objetos da casa, como forma de aliviar a ansiedade, pois continua estressado.

Fonte: http://www.caocidadao.com.br/latido-em-excesso-como-ajudar-o-cao/

Veja também

Como resolver o problema da queda de pêlos?02/04 Cães e gatos podem apresentar perda de pêlos de forma fisiológica ou como conseqüência das dermatopatias (fungos, bactérias, deficiências nutricionais e disfunções endócrinas que acometem a pele e os pêlos). No caso da fisiológica, a queda de pêlos ocorre naturalmente, algumas vezes durante o ano, sem provocar falhas no pelame ou......
Vacina da Raiva tem que tomar!02/04 Com uma altíssima taxa de mortalidade, a raiva é uma das zoonoses mais conhecidas, representando um perigo para os patudos e também para humanos. O contágio acontece através da mordida de um animal infectado, não......
Vermífugo para filhotes de gatos02/04 Dar vermífugo para filhotes de gato é de extrema importância. Não há possibilidade de pular essa parte tão importante na criação desse felino, pois todos eles são propensos a vermes, não......

Voltar para Blog